Nito Alves internado de emergência num hospital em Portugal – áudio denuncia perseguição

O activista angolano Manuel Chivonde Nito Alves, do conhecido processo dos 17, deu entrada na tarde desta quinta-feira de urgência em um Hospital de Portugal.

Segundo fontes de portugal: “por motivos de segurança não sito o local” disse acrescentando que “vai ficar internado mas só as 17 horas o Hospital poderá dar informações do que realmente tem” disse.

Na manhã desta quarta-feira Nito Alves em áudios enviados ao Deputado Makuta Nkondo denunciou estar a ser perseguido por indivíduos não identificados a mando do Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola em Portugal, Carlos Alberto Saraiva de Carvalho Fonseca e o cônsul daquela embaixada.

Em actualização